jul 152012
 

Opa!
Enfrentando problemas com o ubuntu (saindo do CentOS..pessima escolha), me deparei com o fato de o ALT+TAB não funcionar.. bah
procurando..procurando..e descobri que o problema é o CCSM, e aqui vai como desinstalar isso.

uma forma simples é…
sudo apt-get remove compizconfig-settings-manager

eu vi que assim ficou algumas tralhas.. e usei a seguinte forma…

sudo apt-get remove compiz-fusion-plugins-extra
sudo apt-get remove compiz-plugins-extra
sudo apt-get purge compiz*

Caso você resolva reinstalar…

sudo apt-get install unity-2d
sudo apt-get install ubuntu-desktop
sudo apt-get install ubuntu-desktop-2d
sudo apt-get install compizconfig-settings-manager
sudo apt-get install xserver-xgl
sudo apt-get install emerald
sudo apt-get install compiz-fusion-plugins-extra
sudo apt-get install git compiz-plugins-extra
sudo apt-get install compiz-plugins-extra
sudo apt-get install unity

lembrando que vale a pena darem uma olhada em pra que serve o CCSM (explico em outro post..)

e por aqui fico =)

abr 142012
 

No Windows (cmd)

1. digite: “diskpart”
2. depois: “list disk”
3. Selecione o disco: “select disk 3” (aonde disco 3 é seu pendrive…)
4. digite: “clean” (pra zerar as partições)

caso.. queira criar uma nova partição…

5. Create partition primary
6. format fs=NTFS (ntfs ou qual vc quiser.. e vale lembrar que essa formatação é demorada e não a rápida..)
6.1 se você quiser a formatação rápida use o format fs=NTFS quick ( o recomendado é a demorada )

Finish =)

fev 052012
 

Quantas pessoas perguntam “como vou fazer sem o Ctrl+Alt+Del no Mac?” hehe pois é..rs não precisamos disso… mais ainda sim digamos que ele existe…

Em Aplicativos -> Utilitários -> Monitor de atividades , temos todos os recursos do gerenciador de tarefas do Windows..

lembrando que no mac.. quando algum programa trava.. podemos usar Command-Option-Esc e finalizar o aplicativo :)

 

fica aqui mais uma dica :)

fev 052012
 

Olá,

Algo polêmico no MAC sempre foi a ausência do  Ctrl+X, Ctrl+V (popular cortar e colar no windows) pois é… chega de alternativas paralelas para o MAC :)

agora basta apenas copiar  (⌘+C) e na hora de colar usamos a combinação de teclas Option + ⌘ + V

Assim quando colamos ele recorta e cola :) simples não ? por que será que a apple resolveu permitir isso só agora e não antes?

Pois isso ai :)

 

jan 212012
 

Para fazer Download da ferramenta: http://weather.ou.edu/~apw/projects/stress/#Download

wget -c http://weather.ou.edu/~apw/projects/stress/stress-1.0.4.tar.gz (verificar no link acima se existe versão mais recente)

Sempre deixar uma segunda instância de console aberta.. se precisar matar o processo antes de terminar..

alguns exemplos de testes:

 

1. Testando a CPU do servidor
  # stress --cpu 1k

Explicação: Este comando faz um fork de 1024 processos a serem processados pela CPU.

  # stress --cpu 12 --timeout 10s

Explicação: Este comando faz um fork de 12 processos a serem processados pela CPU e o tempo do teste deverá ser de 10 segundos.

2. Testando a Memória do servidor
  # stress --vm 2

Explicação: Faz um fork de 2 processos que alocarão memória do servidor

  # stress --vm 2 --vm-bytes 128M

Explicação: Faz um fork de 2 processos que alocarão 128M cada durante o processo de stress test.

  # stress --vm 2 --vm-bytes 128M --vm-hang --timeout 1h

Explicação: Durante o teste serão alocados 256Mb de memória do servidor que somente serão liberados ao término do processo (após uma hora, segundo o parâmetro “–timeout 1h”)

3. Testando o I/O do servidor
  # stress --io 4

Explicação: Durante o teste, 4 processos farão múltiplas chamadas da função sync() (chamada de sistema que faz um flush do que existe na memória para o disco).

  # stress  --io 4 --timeout 10s

Explicação: Faz exatamente o que o teste acima faz, porém, durante apenas 10 segundos.

4. Testando o Disco do servidor
  # stress --hdd 6

Explicação: Faz com que 6 processos utilizem a chamada de sistema write(), responsável pela escrita em disco no sistema operacional.

  # stress --hdd 10 --hdd-bytes 2g --timeout 50s

Explicação: Faz com que 10 processos utilizem a chamada de sistema write() para escrever arquivos de 2Gb de dados em disco, durante 50 segundos. O padrão para o parâmetro –hdd-bytes é de arquivos de 1Gb.

  # stress --hdd 3 --hdd-noclean

Explicação: Faz com que 3 processos criem arquivos de 1Gb (default do stress) no ambiente e não façam o unlink destes processos. Para maiores detalhes a respeito do unlink, por favor, utilize “man unlink” em ambientes Unix.

5. Especificando processadores

O utilitário stress permite o uso de vários tipos de teste em uma única linha de comando

# stress --cpu 2 --io 1 --vm 1 --vm-bytes 128M --timeout 10s --verbose
6. Referência

Em http://weather.ou.edu/~apw/projects/stress/ podem ser encontrados mais detalhes a respeito do stress e suas formas de uso.

jan 162012
 

he output to sudo rfkill list shows that your network card is “soft-blocked”.

This could happen when the wireless card has been signalled to switch-off via the kernel.

Try the following steps:

  1. run in a terminal:sudo rfkill unblock wifi; sudo rfkill unblock all
  2. rerun sudo rfkill list to confirm that the card has been unblocked.
  3. reboot
  4. rerun sudo rfkill list again to confirm unblocking as been retained.
  5. rerun sudo lshw -class network– you should now see that the kernel has recognised (or not) the wireless card.sudo
  6. ifconfig ethX up